Tirando as dúvidas sobre bagagem de mão

Editorial

Quando vamos fazer uma viagem de avião, seja nacional ou internacional, sempre rolam dúvidas sobre o que podemos ou não levar na mala de mão, não é mesmo? Será que eu posso levar pasta de dente e desodorante? Posso levar a mamadeira de água do meu filho? E a de leite? Esse tamanho de mala vai poder ir comigo ou vou ter que despachar? Estou levando a minha bolsa, uma sacola e mais uma mochila, será que pode?

Para tirar essas e outras dúvidas e ajudar na hora de arrumar as malas, resolvi escrever esse post reunindo informações e regras sobre bagagem de mão. Vale a pena dar uma olhada antes de arrumar as malas.

O que é bagagem de mão?

Bagagem de mão é uma bolsa, mala ou mochila com pertences pessoais e itens de valor que o passageiro tem o direito de levar consigo dentro do avião, além da bagagem despachada. No momento do check-in, ela pode ser pesada ou medida pela companhia aérea e deve atender aos limites estabelecidos por lei e, no procedimento de embarque, ela deve passar pelo raio-X e pode ser inspecionada por um agente aeroportuário. Já dentro da aeronave, toda bagagem de mão deve ser acomodada nos compartimentos de bagagem acima das poltronas ou debaixo dos assentos.

Qual o peso e tamanho permitidos?

Em voos domésticos, a bagagem de mão deve ter no máximo de 5 kg e seu tamanho não pode ser maior que 115 cm (considerando altura + comprimento + largura). Em voos internacionais, essas medidas podem variar conforme a companhia, mas, em geral, são as mesmas. Para tirar qualquer dúvida, nos aeroportos, próximo à área de check-in, sempre tem guias de metal com as medidas da bagagem de mão. Caso a especificação de tamanho ou peso seja excedida, a companhia aérea poderá exigir que a bagagem seja despachada.

O que posso levar como bagagem de mão?

Todo passageiro pode, além da mala de mão, carregar consigo um item pessoal como uma bolsa pequena, por exemplo, e um casaco. Guarda-chuva (sem ponta), bengala, muleta, máquina fotográfica, celular, laptop, tablet, livros e revistas, são itens permitidos em qualquer bagagem de mão.

O que não posso levar como bagagem de mão?

Por motivo de segurança não se pode levar a bordo nenhum tipo de arma ou de substância explosiva, inflamável, química ou tóxica, nem objetos pontiagudos, cortantes ou de ponta (Mamães, atenção aqui para tesouras, cortadores e alicates de unha e garfos e facas – não pode nem de plástico!).

E sobre os líquidos, o que posso ou não levar?

A restrição de líquido é válida apenas para voos internacionais; portanto, em voos nacionais, tirando os itens que não se pode levar relacionados acima, não há com o que se preocupar.

Para qualquer voo internacional, existem restrições quanto ao levar líquidos de toda natureza na mala de mão. Aqui, entende-se por líquido todo e qualquer tipo de bebida e cosmético, inclusive gel, pasta, creme, aerossol e similares.

Qualquer produto líquido que precisar ser levado a bordo deverá ser levado em frascos com capacidade máxima de 100 ml e colocado em embalagem plástica transparente, vedada, com capacidade de até 1 litro, não excedendo as dimensões de 20 x 20 cm. Essa embalagem plástica deverá ser apresentada no momento da inspeção e é permitida somente uma embalagem plástica por passageiro.

Frascos acima de 100 ml não podem ser levados na bagagem de mão, mesmo se não estiverem cheios. A fiscalização costuma ser bem rigorosa neste sentido, então, para não correr o risco de perder o produto, frascos e recipientes acima de 100 ml devem ir na bagagem despachada.

E para produtos de bebê, quais são as regras de bagagem de mão?

É permitido levar mamadeira vazia e leite em pó em recipiente específico e na quantidade para consumo durante o voo. A bebida deve ser preparada a bordo, com água mineral fornecida pela companhia aérea, já que mamadeiras prontas com mais de 100 ml poderão ser retidas no momento da inspeção.

Papinha industrializada lacrada, em quantidade para consumo durante o voo, geralmente passa na inspeção, mas, no momento da reserva, você pode se informar se a companhia oferece e pedir alimentação especial para bebês e crianças.

Lenços umedecidos, pomada preventiva de assaduras em embalagem pequena, trocador portátil, fraldas, mudas de roupa, uma coberta e brinquedos são liberados.

Passageiros que viajam com bebês de até dois anos têm direito de despachar gratuitamente um carrinho dobrável ou um assento de automóvel de bebê ou um moisés. No caso de carrinhos, em geral, é permitido ficar com ele até a porta do avião, e, depois, ele é despachado.

Para crianças acima de dois anos de idade, a cobrança desse serviço fica a critério da companhia aérea e, nesse caso, o carrinho ou assento será incluído no limite total de bagagem atribuído a cada passageiro.

Espero ter ajudado! E se ainda tiver ficado alguma dúvida ou se você quiser inserir alguma outra dica, é só usar os comentários aqui embaixo.

Boa viagem!

2 Comentários em "Tirando as dúvidas sobre bagagem de mão"

  1. Adorei as dicas ! Obrigada !

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*