Visitando o Aquário de São Paulo

Fomo conhecer o Aquário de São Paulo que, além de ser o maior da América Latina, é também o único aquário temático do Brasil. Ele foi inaugurado em 2006, conta com uma área de 15 mil m² e tem aproximadamente 3 mil exemplares de cerca de 300 espécies espalhadas em 2 milhões de litros de água.

aguario_0000_IMG_0063

O lugar é super bem estruturado e o passeio é dividido em setores que reproduzem o habitat natural dos animais, com monitores à disposição que dão informações e tiram as dúvidas dos visitantes mais curiosos.

E você sabia que no Aquário de São Paulo não encontramos apenas peixes e animais de água doce e salgada? Lá também é possível visitar lêmures, suricatos, macacos, cangurus e até um casal de ursos polares! Ah, e tem também uma área que, em breve, receberá coalas.

IMG_6757

O primeiro setor a ser visitado é destinado aos animais de água doce e retrata as florestas brasileiras. Ali ficam jacarés, lagartos, iguanas e serpentes, além do jacaré albino, famoso por ser o único em exposição no mundo.

IMG_6733

Na parte dos animais marinhos, o que mais chama a atenção é o tanque dos tubarões, enorme e que passa pelo teto, então conseguimos ver os bichões nadando por cima das nossas cabeças. São diversos aquários, a maioria bem grande e com várias espécies e, como fomos bem na época da estreia do filme Dory, nem preciso dizer que os mais disputados eram os que tinham algum exemplar do peixe palhaço (Nemo) e do tang azul (Dory).

IMG_6738

O pinguinário é outra parte bem legal e que chama bastante a atenção das crianças. O ponto negativo aqui foi que o vidro estava embaçado, o que prejudicou um pouco nossa visão e as fotos saíram péssimas. Depois vem o aquário do peixe-boi, seguido da parte nova, dos mamíferos.

aguario_0001_IMG_0062

aguario_0002_IMG_0061

Achei muito legal a ambientação dessa nova área. Tudo começa em um cenário da sala de embarque de um aeroporto e desembarcamos na África, Indonésia, Austrália, Polo Sul e Polo Norte. Lá que estão, dentre outros, os suricatos, lêmures, raposas voadoras (morcegos gigantes), cangurus, lobo marinho, leão marinho e o casal super fofo de ursos polares. Demos sorte porque quando fomos os ursos estavam acordados, nadando e brincando. Fizeram a alegria da criançada (e dos adultos também!).aguario_0004_IMG_0059 aguario_0007_Background

Tem também 3 atrações que não estão incluídas no valor do ingresso, o Aquário Abaixo de Zero, o Cine 7D e o Jurassic Aquarium, mas não fomos em nenhuma delas, então não posso dar mais detalhes. No geral, a estrutura do aquário é boa, com fraldário, restaurante e lanchonete, além de lojinhas com muitas opções de lembrancinhas e brinquedos que, como você já deve imaginar, têm preços bem salgados.

Levamos cerca de 4 horas para visitar todo o aquário, vimos tudo sem pressa, almoçamos por lá e ainda passamos mais de meia hora vendo os ursos polares que deram um show à parte. Sem tantas paradas, acredito que esse tempo possa cair pela metade, mas como o ingresso não é barato, o legal mesmo é ir sem pressa e aproveitar ao máximo o passeio.

IMG_6771

O Aquário de São Paulo fica na Rua Huet Bacelar, 407, no Ipiranga, e tem estacionamento com manobrista. O acesso também pode ser feito pela estação Santos-Imigrantes do metrô, que fica a uma distância aproximada de 500 metros. A única ressalva aqui é que apesar de ser perto, o percurso é uma bela subida com calçadas bem estreitas, então, se você estiver com carrinho de bebê ou criança de colo, leve isso em consideração.

Ele fica aberto para visitação de segunda a domingo, incluindo feriados, das 9h às 19h, sendo a entrada permitida até às 17h. Crianças até 2 anos e cadeirantes não pagam ingresso e crianças de 3 a 12 anos, pessoas acima de 60 anos e professores pagam meia.

Dica: antes de ir, acesse o site deles clicando aqui e veja se tem alguma promoção acontecendo. Normalmente, às segundas-feiras adultos também pagam meia.

Local:

 

Seja o primeiro a comentar em "Visitando o Aquário de São Paulo"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*