Quatro erros que você deve evitar na hora de viajar com crianças

Tutti-170613-cadeirinhas
Divulgação: Tutti Baby

Faltam poucas semanas para as férias de julho e muitas famílias já começam a pensar em viajar. Além de escolher o destino, o roteiro e o local de hospedagem, existem alguns cuidados que devem ser levados em consideração para garantir um passeio tranquilo. E um dos erros que deve ser evitado é em relação ao tipo de dispositivo de retenção para o transporte das crianças.

A Tutti Baby, empresa especializada no desenvolvimento de itens de puericultura, destaca que os modelos de cadeirinha variam de acordo com o tamanho das crianças e devem ser utilizados de acordo com a indicação. Na embalagem de cada produto consta para qual grupo de massa ele é indicado. O bebê conforto, pro exemplo, é para crianças de até um ano, enquanto o assento de elevação se destina àquelas com mais de 18 kg.

O segundo erro destacado pela empresa também diz respeito à cadeirinha. A instalação do item deve seguir o manual de instruções. Se o dispositivo não estiver da forma correta, pode colocar em risco a segurança da criança, em caso de acidente. É importante verificar as instruções de fabricação e também ajustar o cinto para que ele fique firme.

Com crianças menores, um erro que precisa ser evitado diz respeito a hora das refeições. Nem sempre o restaurante escolhido pelos pais contará com cadeirão, o que pode comprometer um momento de tranquilidade. Modelos compacto de cadeira resolvem esse problema, como a Fit. Ela é fácil de instalar e prática de transportar, ocupando pouco espaço no porta-malas. É ideal para bebês que já sentam sozinhos e ainda não costumam ficar nos espaços kids de restaurantes.

Divulgação: Tutti Baby

O quarto e último erro comum dos pais na hora de viajar com as crianças, de acordo com a equipe da Tutti Baby, é não se certificar da segurança disponibilizada pelo hotel. Se a família resolve alugar uma casa ou sabe que ficará em um apartamento sem grade de retenção nas janelas, é importante prestar atenção aos momentos em que a criança está nesse ambiente. Uma dica é levar grades para portas, que podem ser colocadas no fundo do porta-malas e não ocupam muito espaço no carro. Elas podem ser fixadas nas portas que dão acesso a locais não seguros, garantindo que a criança não entre nestes locais sem que esteja acompanhada.

Texto e Fotos: Assessoria Tutti Baby

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


About us

Leverage agile frameworks to provide a robust synopsis for high level overviews. Iterative approaches to corporate strategy foster collaborative thinking to further the overall value proposition. Organically grow the holistic world view of disruptive innovation via workplace diversity and empowerment.


CONTACT US

CALL US ANYTIME



Latest posts