Um dia “de adulto” no Kidzania

Processed with MOLDIV

Um dia desses levei o pequeno para conhecer e se divertir no Kidzania, um parque indoor em formato de cidade em escala infantil, que fica dentro do Shopping Eldorado, em São Paulo.

Kidzania

Mas como é e como funciona o Kidzania? Para quem não conhece, o Kidzania é uma cidade mesmo, com direito a bancos, restaurantes, comércio, fábricas e até moeda e idioma próprios, em que crianças de 3 a 14 anos “viram adultos” e realizam diversas atividades que imitam o mundo real. São mais de 50 atrações em que os pequenos vivem situações reais e experimentam profissões da vida adulta.

Todas as atividades levam o nome de empresas/marcas super conhecidas e, dentre as mais concorridas, estão: o corpo de bombeiros, a delegacia de polícia, o hospital, a escola de aviação da Latam, a fábrica de balas Fini e de suco Sufresh, a hamburgueria do Buguer King e a pizzaria da 1900 Pizzaria, mas também tem autoescola, banco, escola de gastronomia, estúdios de fotografia, gravação e música, posto de combustível, escola de pintura e muitas outras.

Oficina do Hamburguer – Burger King
Profissão Pizzaiolo – Pizzaria 1900
Academia de Aviação – LATAM

Já aviso que é impossível fazer tudo em uma única visita. O que eu sugiro é que os pais (ou adultos acompanhantes) baixem o mapa logo na entrada, ajudem as crianças a escolher as atrações que elas mais gostariam de fazer de acordo com os gostos e o perfil de cada uma e tracem um roteiro porque, acreditem, quando a criançada entra e vê tudo acontecendo ao mesmo tempo na cidade, elas ficam doidas e não sabem para onde ir nem por onde começar.

Como em todo o parque de diversões, as atrações têm filas e, dependendo do dia e da época do ano, elas podem ser bem demoradas, mas valem a espera. Todas as atrações têm uma plaquinha informativa afixada na entrada. Ali estão todas as informações sobre a atividade: o que é e o que a criança irá fazer, qual a idade mínima permitida, quantas crianças participam por vez, qual o tempo de duração da atividade e se a criança paga ou recebe kidzos – a moeda oficial do Kidzania – ao participar da atração.

Sim, dinheiro (mas de mentirinha, para a brincadeira ficar ainda mais real)! Como para tudo que fazemos na vida precisamos de dinheiro, no Kidzania não é diferente… lá, a criançada vai ter que tomar conta do seu dinheiro, fazer contas e aprender a administrar seus kidzos, que são recebidos na entrada do parque.

Corpo de Bombeiros
Hotel em Chamas para a atividade dos bombeiros

O legal é que tem atividades que, por realizar um serviço, as crianças recebem kidzos como pagamento; já em outras, elas precisam pagar para participar e, se por acaso, acabar o dinheiro, é só participar das atividades que “pagam” pelos serviços prestados e continuar brincando. Mas, como eu disse antes, o dinheiro é fictício; portanto, o valor para entrar no Kidzania é fixo e o ingresso dá direito a brincar o quanto quiser.

Crianças de qualquer idade podem entrar no Kidzania, porém, as atividades são para maiores de 3 anos (menores de 3 anos não pagam ingresso e só podem participar de uma atividade: a Escolinha Play-Doh). Meu filho, de 4 anos, curtiu bastante, brincou e aprendeu muito, mas eu acho que a idade ideal para aproveitar tudo o que as atrações oferecem é a partir dos 6/7 anos.

Já os adultos, são meros acompanhantes. Como o Kidzania é uma cidade para as crianças, só elas podem participar das atividades; nós, pais, ficamos ali só olhando, acompanhando e babando vendo nossos filhos brincar de ser adultos.

A Cidade

Um ponto muito positivo é que, por estar dentro de um shopping, o Kidzania é um parque totalmente coberto, então, faça calor, frio, chuva ou sol, dá para aproveitar sempre. Ah, e se a fome bater, lá dentro tem algumas opções de restaurantes e fast food, mas ai, nada de kidzos… você vai precisar de Real mesmo 😉

Eu achei o Kidzania um parque de diversões diferente e fantástico. É, com certeza, um lugar que ainda vamos voltar muitas e muitas vezes.

2 comments

  • Italo

    18 de julho de 2018 at 17:33

    Olá gostaria que vocês me tirasem uma dúvida nao tenho visto de turista porém vou tirar o meu visto no final desse ano,gostaria de levar meu primo de 9 anos eu portando de uma autorização posso solicitar o visto dele no casv? Sem ser o pai nem a mãe?

    Reply

    • Malinha Pronta

      23 de julho de 2018 at 13:25

      Oi, Italo.

      Segundo o site do consulado americano, qualquer pessoa munida de procuração específica pode apresentar a documentação de um menor no CASV.

      Boa sorte!

      Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


About us

Leverage agile frameworks to provide a robust synopsis for high level overviews. Iterative approaches to corporate strategy foster collaborative thinking to further the overall value proposition. Organically grow the holistic world view of disruptive innovation via workplace diversity and empowerment.


CONTACT US

CALL US ANYTIME



Latest posts