4º Festival de Férias do Teatro MorumbiShopping

Depois da Cia Le Plat Du Jour, Pia Fraus e Vagalum Tum Tum, é a vez da Cia. Truks oferecer opção cultural de qualidade aos pequenos no 4º Festival de Férias do Teatro MorumbiShopping. A temporada acontece entre 10 e 28 de janeiro, com espetáculos de quarta a domingo, sempre às 16 horas.

Com mais de 17 espetáculos na bagagem e reconhecida pela técnica na linguagem do teatro de bonecos e de objetos, a Cia. Truks selecionou para o repertório do festival cinco dos espetáculos mais representativos da sua carreira .

“Os espetáculos escolhidos para o Festival são símbolos do que é o trabalho da Truks. Eles são lúdicos, mas falam de coisas muito sérias”, diz Henrique Sitchin, cofundador da companhia. A Bruxinha ressalta a importância das brincadeiras, Cidade Azul fala sobre pessoas em situação de rua, O Senhor dos Sonhos retrata a dificuldade de adultos entenderem as crianças, Sonhatório discute a loucura e Zôo-Ilógico é um mergulho no mundo da imaginação, onde uma saladeira e uma colher podem se tornar uma tartaruga e uma peneira pode fazer as vezes de um gato.

Com apresentações por todo o Brasil, a Cia. Truks tem números que impressionam: A Bruxinha (1991) já teve mais de 1.500 apresentações e Sonhatório, criado em 2012, já circulou mais de 200 vezes.

Programação Completa:

A Bruxinha

Divulgação

Dias 10, 17 e 24 de janeiro, quartas-feiras, às 16 horas

A Bruxinha faz ao público um convite à imaginação e ao desenvolvimento da criatividade. A personagem gráfica da premiada autora e ilustradora Eva Furnari, com mais de 30 anos de aparições em livros e tirinhas, ganha corpo – e alma – de boneco, e leva para os palcos toda a sua graça, simpatia e inusitado senso de humor, vivendo suas aventurinhas, manias e caprichos.

Transforma almofadas em dragões, um balde e uma vassoura em príncipe, dá vida a sapatos que dançam um caliente tango, e assim por diante, até que um monstro muito desajeitado deseja testar a sua varinha de condão.

Cidade Azul

Divulgação

Dias 11, 18 e 25 de janeiro, quintas-feiras, às 16 horas

Cidade Azul é um lugar que talvez não exista, mas existe sim! Existe dentro da cabecinha de um menino que insiste não apenas em sonhar, mas em transformar o seu lugar em um lugar melhor para se viver. Sua rua cinzenta, na rua azul da sua Cidade Azul. Ele acorda a cada nova manhã sobre os papelões ou sob os jornais da rua para mais um dia solitário, porém, de verdadeiras aventuras. Quer brincar, como toda e qualquer criança! Ao amanhecer de um dia especial, cai sobre sua cabeça uma enorme bola azul, é claro. Atrás da bola, uma menina que a procura.

O espetáculo, assim, trata de contar como nasce, cresce e se fortalece uma comovente amizade entre as duas crianças de realidades tão diferentes: um menino das ruas e uma menina perdida pelas ruas. Eles revelam a sábia capacidade que as crianças têm de se aproximarem umas das outras, vencendo os preconceitos através de seus jogos e brincadeiras. Descobre-se então que Cidade Azul é um distante sonho de menino, solitário, assim como outras milhares de crianças no país. A peça constata que nas cidades nada azuis do Brasil, muitas crianças ainda estão jogadas no meio-fio.

Zôo-ilógico

Divulgação

Dias 12, 19 e 26 de janeiro, sextas-feiras, às 16 horas

A peça traz para os palcos uma prática fundamental para as crianças: o estímulo à criatividade! A partir do uso, e da transformação de simples objetos do cotidiano, desfilam pela cena mais de uma dezena de divertidas e inusitadas criaturas animadas: uma galinha feita com um bule e um espanador de pó, uma tartaruga composta por uma saladeira e uma colher, um gato simbolizado por uma peneira, entre tantas outras. É o que se chama de “teatro com objetos”. As coisas se transformam em personagens do enredo, do mesmo jeito que fazem as crianças. Quem nunca brincou de “espetar” a tampa da caneta em uma régua e brincar que aquilo é um avião?

Tudo começa quando pai e filho resolvem fazer um piquenique no Zoológico. Ao encontrarem as portas do parque fechadas, o pai não se intimida em criar, com muita criatividade, o seu zoológico particular, um presente ao filho. Bichos serão feitos de pratos, panos, garrafas, talheres e tudo o mais que estiver ao alcance de suas mãos. As nada comuns criaturas viverão situações cômicas e poéticas. Está criado o Zôo-ilógico – possível na imaginação de todos e aberto sempre.

O Senhor dos Sonhos

Divulgação

Dias 13, 20 e 27 de janeiro, sábados, às 16 horas

O espetáculo conta a história de Lucas, um velho e bem sucedido escritor que relembra os tempos de sua infância, quando era um menino criativo, engraçado, simpático e, principalmente, sonhador. Se não navegava pelos sete mares, certamente pilotava alguma nave espacial em planetas longínquos. E, como sempre, atrasado para ir à escola ou esquecido de suas lições e obrigações.

O Senhor dos Sonhos, ao confrontar as mirabolantes aventuras de Lucas com a necessidade que o menino tem de se ajustar às regras sociais, é um espetáculo que discute, mesclando momentos divertidos com outros de delicada e leve poesia, o conflito em que vivem as crianças ao terem que se equilibrar, como que sobre uma corda bamba, entre a fantasia e a realidade.

Sonhatório

Divulgação

Dias 14, 21 e 28 de janeiro, domingos, às 16 horas

É hora do almoço no Sanatório Boa Cabeça. Sentam-se à mesa três supostos loucos para a refeição. Porém, não há nada para comer ou beber.  Para passarem o tempo, os amigos resolvem brincar com os objetos que têm à sua volta. É então que partem para uma deliciosa viagem pela imaginação que os levará para áridos desertos, para o fundo do mar e para longínquos planetas. Incríveis personagens feitos de guardanapos, bacias, copos, garrafas pet, sacolas plásticas, talheres e pratos os acompanharão por suas superaventuras.

Após finalmente conseguirem almoçar, revela-se ao público a surpresa: eram eles de fato os loucos, ou serão loucos aqueles incapazes de brincar? Nossos amigos oferecem ao público um dos melhores remédios para tudo: a possibilidade da construção de uma vida mais saudável, feita da sincera amizade, e de muito bom humor. Eles transformam o que seria um sanatório em um… Sonhatório!

Serviço:

4º Festival de Férias do Teatro MorumbiShopping

Quando? De 10 e 28 de janeiro de 2018

Onde? Teatro MorumbiShopping (Av. Roque Petroni Junior, 1089, Estacionamento do Piso G1)

Que dias e horários? Quarta a domingo, às 16 horas.

Quanto custa? R$ 50,00 (inteira) e R$ 25 (meia).

Pra que idade? Livre.

Quanto tempo de duração? 50 minutos.

Local: 

Seja o primeiro a comentar em "4º Festival de Férias do Teatro MorumbiShopping"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*