Pequena Magdalena, da Companhia de Copas, no Teatro Alfa

37838i6jk1aj1telhl8fs4l7805vpbg5b20tbqkr514u83hfignpn4br5rtif4stv5ob24dahgbe9o7vf024bnpjldue8qg0uh171r7

Após o sucesso da peça Meu Amigo Inventor, em que o artista e inventor Leonardo Da Vinci vem do passado conhecer as brincadeiras e hábitos das crianças do presente, a premiada Companhia de Copas, formada por Luciana Castellano e Victor Merseguel, renova a parceria com o diretor Fernando Escrich e com o dramaturgo Celso Correia Lopes no inédito Pequena Magdalena.

A peça parte da infância da pintora mexicana Frida Kahlo (1907 – 1954) para contar aos pequenos uma história sobre aceitação, superação e respeito às diferenças, além de temas que, hoje, cada vez mais, estão ligados à figura da artista, como igualdade de gênero e empoderamento feminino. O espetáculo estreia dia 4 de agosto, sábado, às 17h30, no Teatro Alfa.

Na história, que se passa na véspera do Día de Los Muertos (uma importante celebração mexicana que acontece no dia 2 de novembro e corresponde ao Dia de Finados no Brasil), Magdalena (Frida) tem a difícil tarefa de salvar a festividade depois de causar um enorme acidente e para isso, conta com a ajuda de Miguel, um menino que é conhecido por todos pelo seu jeitão diferente e hábitos peculiares, como o de caçar morcegos e aranhas; por exemplo. Miguel é filho de Dona Consuelo, a zeladora do cemitério, e por isso mora lá. Magdalena também possui suas diferenças. Traz consigo, em sua perna direita, as marcas de uma grave doença que teve aos seis anos; doença essa que a obriga a se superar e se manter hábitos bem distintos de outras meninas de sua idade e época, como andar de bicicleta, lutar boxe, jogar futebol etc. O acidente causado por Magdalena, põe em risco uma parte importante de um ritual que consiste em preparar a entrada dos parente e amigos que já se foram ao mundo dos vivos; e sem isso a festa mais tradicional e conhecida do México não poderia acontecer naquele cemitério!

Divulgação

Sinopse

Magdalena Carmem Frida Kahlo Y Calderon, nascida e criada no México, é uma menina que traz em uma de suas pernas as marcas de uma grave doença. Por conta disso, sofre com brincadeiras de mau gosto e com a solidão; mas não deixa de ser uma criança espevitada e ativa. Às vésperas do Dia dos Mortos, uma animada festa do México, a arredia e arisca Magdalena se envolve em uma grande confusão e corre o risco de arruinar a mais tradicional festa de seu país.

Serviço:

Pequena Magdalena

Quando? De 4 de agosto a 30 de setembro

Onde? Sala B do Teatro Alfa (Rua Bento Branco de Andrade Filho, 722, São Paulo)

Que dias e horários? Sábados e domingos, às 17h30

Qual a duração do espetáculo? 55 minutos

Quanto custa? R$ 40,00 (inteira para adultos) e R$ 20,00 (meia para crianças, estudantes e maiores de 60 anos).

Pra que idade? Livre. Indicado para crianças a partir de 5 anos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


About us

Leverage agile frameworks to provide a robust synopsis for high level overviews. Iterative approaches to corporate strategy foster collaborative thinking to further the overall value proposition. Organically grow the holistic world view of disruptive innovation via workplace diversity and empowerment.


CONTACT US

CALL US ANYTIME



Latest posts